colecções disponíveis:
1. Lendas de Sintra 2. Sintra Magia e Misticismo 3. História de Sintra 4. O Mistério da Boca do Inferno 5. Escritores e Sintra
6. Sintra nas Memórias de Charles Merveilleux, Séc. XVIII 7. Contos de Sintra 8. Maçonaria em Sintra 9. Palácio da Pena 10. Subterrâneos de Sintra 11. Sintra, Imagem em Movimento


Caminhada Nocturna - "Serra de Sintra Entre Lobos"

Lendas e História, Fauna e Flora do Passado da Serra de Sintra,
em passeio pedestre em plena Serra
(sensibilização para a protecção do património material e imaterial)



- fazendo tenções de se inscrever, por favor leia atentamente todas as informações aqui presentes -


♦♦♦ SERRA DE SINTRA ENTRE LOBOS
Passeio Pedestre Nocturno, 
Caminhada,
Visita cultural nocturna

- Passeio Pedestre em plena Serra de Sintra na noite, voltado para a sensibilização e protecção do património material e imaterial (história, lendas, fauna e flora do passado de Sintra).



::: Investigação Histórica e Organização:
    . Miguel Boim, O Caminheiro de Sintra
      (autor do livro Sintra Lendária - Histórias e Lendas do Monte da Lua)
::: www.miguelboim.com
::: rnaat 1808/2017






::: Domingo, 22 de Dezembro de 2019, 16h15
              (o pôr-do-sol ocorrerá nesse dia às 17h15)



O Bufo-Real, espécie presente
no PNSC; o seu estatuto de conservação
é de quase ameaçado

::: Inscrição: 13€ (IVA de 23% incluído) por pessoa
::: Número máximo de participantes (salvo excepção): 15
::: Iniciativa cultural (história e lendas) englobada no Turismo de Natureza.
::: rnaat 1808/2017

::: Devido ao percurso nocturno estar inserido numa zona protegida (Parque Natural Sintra-Cascais) classificada como Património Mundial, e seguir os trâmites legais: proibido fumar; silêncio requerido.
::: Ao longo do processo de inscrição receberá indicações relativas à protecção de dados, à sua segurança e à preservação do Parque Natural Sintra-Cascais. 

A raposa, espécie com hábitos crepusculares e nocturnos;
infelizmente ainda bastante perseguida pelo homem,
especialmente nas batidas que lhe fazem

♦♦♦    ♦♦♦

♦♦♦ INDICAÇÕES IMPORTANTES:
Este percurso pedestre nocturno na zona Oeste da Serra de Sintra (circular, terminará no ponto de partida) durará cerca de 3h (incluindo paragens), para o qual deverá trazer roupas e calçado confortáveis (dificuldade do percurso - média; cerca de 5 quilómetros de extensão). Apresenta inicialmente duas subidas íngremes. Será necessário trazer água e um colete reflector. A lanterna será providenciada pela organização e deverá ser utilizada com cautela, de forma a não perturbar a fauna (que, apesar de não se tornar visível, estará presente), o ambiente, nem a ferir a vista dos restantes participantes.

O ritmo será aquele que mais adequado for às características do grupo e da temática em causa, ocorrendo paragens nas quais poderá descansar enquanto ouve antigas histórias de um passado mais selvagem da Serra de Sintra.

Em caso de chuva e cancelamento da visita terá como opções:
    a) cancelamento das inscrições e devolução do valor pago;
    b) manter as inscrições para tema e data futura à sua escolha.

Aquando da necessidade de cancelamento o responsável pelas inscrições é contactado telefonicamente.


♦♦♦ SE JÁ PARTICIPOU EM ALGUMA VISITA PROMOVIDA POR MIGUEL BOIM (O CAMINHEIRO DE SINTRA):
Esta visita, este passeio pedestre nocturno, apresenta algumas diferenças das visitas habituais. Se a ausência de ruído costuma ser requerida, nesta, o silêncio fará necessariamente parte de todo o percurso. Será percorrida uma das partes mais virgens da Serra, e dado o tema e a rota (cerca de cinco quilómetros), poderá escutar os ruídos da noite promovidos pela fauna e flora, os quais serão ponte importante para o levar até ao passado e melhor compreender os propósitos históricos e culturais, engrandecedores e lendários, que definem o ambiente e a valorização da Serra de Sintra.

A Águia de Bonelli, com o seu estatuto de conservação
a apresentar uma situação considerada de perigo
Inicialmente apresentará duas subidas íngremes e uma segunda parte onde uma descida de solo irregular se irá apresentar perante si. Não é aconselhável a quem tenha problemas de saúde, mas não representa uma impossibilidade mesmo para quem leve um tipo de vida mais sedentária.


♦♦♦ QUE ACTIVIDADES SÃO ESTAS?
Estas actividades surgem na sequência do trabalho de investigação histórica levado a cabo por Miguel Boim, onde o mesmo conta histórias da história de Portugal passadas em Sintra e relacionadas com as temáticas do percurso.

Dois dos objectivos pretendidos são que as pessoas sintam o ambiente nocturno da Serra de Sintra (e assim fiquem sensibilizadas para a sua fauna e flora) e que possam ficar mais perto da história que foi anotada e vivida, a qual nos consegue surpreender nos seus recantos mais recônditos do passado.
O ouriço, um dos mais carismáticos
animais da Serra de Sintra

Não aparecem elementos exteriores, nem é propósito que as pessoas se sintam ameaçadas ou com medo. Na presente visita não são apresentadas espécies e a sua visualização na noite será praticamente impossível. É no entanto muito possível escutar no silêncio da noite - quebrado pelo vento e pela folhagem - a movimentação de algumas destas espécies aqui apresentadas.


♦♦♦    ♦♦♦


♦♦♦ SINOPSE:
Se nas habituais visitas nocturnas consegue reconhecer por entre a folhagem, por entre os arcos que definem a velha história de Serra e Vila, as velhas histórias da história de tão estranhos contornos que havendo no passado sido escritas por nomes que lhe são hoje familiares, na Serra de Sintra Entre Lobos viajará pelo arco negro do grande céu pontilhado por estrelas mil, até um passado que sempre pensou impossível de conhecer. Trata-se do passado mais selvagem da mais virgem Serra de Sintra.

O vibrar da folhagem anuncia o vento na qual se escondem o Falcão Peregrino, a Águia de Bonelli, na folhagem da qual sai o Bufo Real em longos vôos, coruja que anseia na noite vislumbrar o movimento de uma lebre, a passagem de um descuidado pombo.

Novamente o Bufo-Real, relembrando que o estatuto de
conservação da espécie é de quase ameaçada

Entre o ruído do regato, a raposa disfarça os seus passos, o fura-mato tenta passar por cobra escondendo suas pequenas patas.

Mas do passado, nesta mesma Serra, nestes mesmos trilhos, passaram os lobos, os veados, os javalis. Passaram também cabreiros e frades que pelas suas peculiares vivências e inesperados encontros, ficaram em palavras gravados, palavras que resistiram aos séculos como a vontade de conhecer e proteger esta recôndita cultura de floresta é, nas noites destes dias que passam, avivada nesta Serra de Sintra Entre Lobos. E é no silêncio que o coração se tornará os olhos destes viveres do passado, destes sentires do presente.
A geneta, que só mantém hábitos nocturnos
e que de quando em vez se faz na Serra mostrar

♦♦♦    ♦♦♦


 ♦♦♦ PONTO DE ENCONTRO:
Zona Oeste da Serra de Sintra, próxima à Peninha (informação do local exacto aquando da realização da sua inscrição (mapa e coordenadas incluídos)).


♦♦♦ PARA SE INSCREVER:
1. Enviar e-mail para caminheiro.de.sintra@gmail.com requisitando a ficha de inscrição e número de vagas pretendidas.
2. Receberá depois:
       . ficha de inscrição;
       . referência Multibanco para pagamento.
3. A sua inscrição só será validada após pagamento e envio da(s) ficha(s) de inscrição (dentro do prazo indicado).
4. A prioridade de preenchimento das vagas é definida pela ordem de chegada de mensagens à caixa de e-mail.






ir para a página de Facebook O Caminheiro de Sintra