colecções disponíveis:
1. Lendas de Sintra 2. Sintra Magia e Misticismo 3. História de Sintra 4. O Mistério da Boca do Inferno 5. Escritores e Sintra
6. Sintra nas Memórias de Charles Merveilleux, Séc. XVIII 7. Contos de Sintra 8. Maçonaria em Sintra 9. Palácio da Pena 10. Subterrâneos de Sintra 11. Sintra, Imagem em Movimento


domingo, 23 de maio de 2010

Lenda da Praia da Ursa - Cabo da Roca, Sintra



© Pesquisa e texto: O Caminheiro de Sintra
Imagem: autor Flickr almeidafe


A Praia da Ursa, aqui captada por Fernando Almeida

  A Lenda da Praia da Ursa, sita perto do Cabo da Roca no Parque Natural de Sintra-Cascais, é uma curta lenda que serve apenas o propósito de satisfazer a curiosidade da origem do nome da Praia da Ursa.

  Ainda assim, é de realçar o paganismo no qual esta lenda assenta.

Um par de enormes rochedos emergem da água, a norte da Praia da Ursa, mesmo junto a essa, evocando a primeira enorme rocha em seu perfil, a imagem de um urso.

A lenda diz que há muitos milhares de anos, quando a terra era uma enorme bola coberta de gelo, aqui vivia uma ursa com os seus filhos. Quando o degelo começou , os Deuses disseram a todos os animais para abandonarem a beira-mar, mas a ursa não o fez, pois ali tinha nascido e ali queria ficar.


Os Deuses enfurecidos transformaram a ursa em pedra e os seus filhos em pequenas rochas dispersas à volta da mãe, que ali para sempre ficaram dando assim o nome à praia - Praia da Ursa.



  Ainda de referir - e olhando para a Lenda da Praia da Ursa sob um ponto de vista científico pelo menos nos seus factos - que a era em que supostamente o Planeta Terra esteve totalmente coberto de gelo foi há cerca de seiscentos e cinquenta milhões de anos, e que os primeiros "familiares" do urso apareceram no período compreendido entre os trinta e oito e os dezoito milhões de anos atrás, de acordo com a possível evolução das espécies.


© O Caminheiro de Sintra


P.S.: Quanto à localização dos sítios mencionados neste blog, tive durante muito tempo a dúvida se a mesma haveria de ser aqui disposta ou não. Pela resolução positiva, peço que faça o melhor uso possível desta informação, o qual principalmente tem a ver com a preservação do património e a não poluição dos locais sob que forma for. Tendo boa fé em si, deixo-lhe aqui no mapa (seta verde - poderá ampliar o mapa para ver melhor), a Pedra da Ursa junto à Praia da Ursa no Parque Natural de Sintra-Cascais, Portugal:


Ver mapa maior

10 comentários:

  1. Boa noite, permita-me invadir o seu espaço para lhe dar conhecimento que esse mesmo rochedo sofreu uma derrocada tendo quase desaparecido por completo... certo é que as semelhanças do animal a olhar para o céu, já não se apresenta mais.... terá acontecido ontem dia 22 de Abril, pois apareceu noticiado hoje no Correio da Manhã.

    ResponderEliminar
  2. Caro Anónimo,


    (infelizmente) agradeço o seu excelente contributo.

    Em breve este post será actualizado, bem como - inevitavelmente - outro será feito, relacionado com o sucedido.


    Com os melhores cumprimentos e agradecendo-lhe uma vez mais

    O Caminheiro de Sintra

    ResponderEliminar
  3. O meu conhecimento sobre a praia da ursa era suposto ser um meteorito caído há milhões e provável origem da racha sísmica que vai desde o cabo da roca até à zona mais larga do rio tejo e vira abruptamente em direcção à Sesimbra

    ResponderEliminar
  4. Caro Joaquim,


    muito grato pelo seu contributo.


    Com os melhores cumprimentos

    O Caminheiro de Sintra

    ResponderEliminar
  5. As derrocadas foram na falésia e acontecem com alguma regularidade. Tanto quanto eu posso comparar com fotografias tiradas hoje, o perfil da "Ursa" mantém-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro(a) Anónimo(a),

      observando esta imagem com atenção, perceberá que realmente existem diferenças na formação em causa - não focando as minhas palavras no perfil ou em sua semelhança. Existe também uma fotografia da derrocada a dar-se.

      http://www.flickr.com/photos/39979380@N06/5647119803/lightbox/

      Com os melhores cumprimentos

      O Caminheiro de Sintra

      Eliminar
  6. Caro Caminhante,
    Para ler o seu artigo de acordo com o que refere, ou seja, “olhando para a Lenda da Praia da Ursa sob um ponto de vista científico”, exercício que estou deveras interessado, venho solicitar o obséquio de referir a(s) fonte(s) bibliográfica(s).
    Muito obrigado.
    Daniel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Daniel,

      como não é algo directamente relacionado com Sintra, poderá encontrar fontes bibliográficas generalizadas, nos artigos da Wikipédia relacionados com as “idades do gelo”, e com “urso”:

      http://en.wikipedia.org/wiki/Ice_age

      http://en.wikipedia.org/wiki/Bear

      Tenha em consideração que o planeta Terra como "uma enorme bola coberta de gelo" difere das últimas grandes ocorrências glaciares.

      Com os melhores cumprimentos

      O Caminheiro de Sintra

      Eliminar

Caríssimo(a),

por favor sinta-se à vontade para aqui escrever aquilo que agora pensa ou sente.

Ver-nos-emos em breve, sem disso sabermos.

O Caminheiro de Sintra