colecções disponíveis:
1. Lendas de Sintra 2. Sintra Magia e Misticismo 3. História de Sintra 4. O Mistério da Boca do Inferno 5. Escritores e Sintra
6. Sintra nas Memórias de Charles Merveilleux, Séc. XVIII 7. Contos de Sintra 8. Maçonaria em Sintra 9. Palácio da Pena 10. Subterrâneos de Sintra 11. Sintra, Imagem em Movimento


domingo, 20 de setembro de 2015

O Regresso

para além das palavras, o projecto que actualmente decorre
contará também com alguns traços de minha autoria


  Passaram mais de dois anos e meio sem que aqui neste espaço tenha produzido algo que pudesse ser por si lido. Nestes dois anos e meio ficaram aqui pendentes perto de uma centena de comentários.
  E nestes dois anos e meio, muito se passou em cima da ponte sob a qual correm as águas do tempo.

  A transmissão da história e das lendas de Sintra nas visitas nocturnas (e também diurnas) ganhou uma grande frequência devido ao interesse que tem neste tempo sido revelado pelas pessoas - quer as de Sintra, quer as de perto de Sintra, quer as que de muito longe muitas vezes vêm.
  Com essas visitas foram desenvolvidos novos temas, uns já tendo aparecido, outros aguardando o seu momento para o fazer.
  Algumas dessas visitas, em caminhadas nocturnas por entre a vegetação mostrando nos ares castelos e palácios iluminados; outras, a espaços seculares como a Igreja de Santa Maria ou o Convento dos Capuchos.

  Surgiu também por si a revista "O Caminheiro de Sintra", em que de número para número tem ganho mais páginas e, mais do que isso, tem ganho uma vida própria. Trata-se de uma revista gratuita, para a receber tendo apenas de enviar um e-mail com "subscrição" no assunto.

  Foi finalmente consumado o convite que a editora Zéfiro me fez há anos, e que resultou no livro "Sintra Lendária - Histórias e Lendas do Monte da Lua". Para além desse se encontrar espalhado pelas livrarias do país, também se pode encontrar em muitos estabelecimentos de Sintra - os quais aqui felicito por ajudarem a transmitir a história e tradições de Sintra: Café Saudade, Espaço Edla, Casa do Preto, Jornal de Sintra, T. Tradições, Ishtar (Casa do Fauno), Lugar dos Sabores, Sintra Magic, (que me perdoe quem por meu eventual esquecimento se sinta lesado).

  Neste tempo tive também a honra de ser convidado pela JWT para ser seu consultor de conteúdo (de mitos e lendas), na execução do novo Centro Interativo Mitos e Lendas de Sintra.



  E, neste momento, encontro-me a terminar um outro projecto, que terá no meio das palavras, alguns traços de minha autoria.

  Foram estes, alguns dos momentos mais importantes nestes dois anos e meio de silêncio neste espaço. Acaba esta mensagem por representar assim - e assim eu próprio o esperando - o meu regresso aqui, a um espaço que desejo que possa dar muito mais do que até agora deu, e que possa dar de forma mais ampla, algum do património imaterial que Sintra possui, e que se vai também ele formando no correr dos nossos dias.

  Um sentido obrigado a todos aqueles que têm acompanhado o meu trabalho, estando visíveis ou não, estando presentes ou distantes, mas que são aqueles a quem é dirigido tudo o que faço.



P.S.: Assim que possível, começarei a responder a todos os comentários que foram ficando pendentes.

2 comentários:

  1. Bom dia!
    Gostava de saber se aceitam contos/histórias de outras pessoas para a vossa revista. Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Sylvie, peço desculpa pela demora na resposta, mas as notificações não andavam a funcionar como deveriam.

      De momento a revista contém apenas conteúdo de minha autoria, não sei no entanto se no futuro continuará assim, ou pelo menos em relação aos contos.

      Eliminar

Caríssimo(a),

por favor sinta-se à vontade para aqui escrever aquilo que agora pensa ou sente.

Ver-nos-emos em breve, sem disso sabermos.

O Caminheiro de Sintra